30 junho 2012

Dourado

Neste sábado, depois de alguns meses dedicados a outros afazeres voltei no nosso pequeno paraíso com um equipamento #6 e algumas pequenas Andinos e nada mais. Pescaria minimalista, tralha mimimalista. O duro, ou melhor, o bom, dessa vez foram as 3 ações de peixes de tamanho já importante, sendo um deles e o único que quis sair da água, o de melhor tamanho e briga para mais de 15 minutos numa corredeira ignorante. Só pude agradecer a Deus pelo meio ambiente ainda resitir a tanta degradação e falta de seriedade das pessoas comuns e pessoas da lei, com a Natureza de uma forma generalizada e ter permitido que eu pudesse ter a oportunidade de ter as ações que se fizeram e sacado este belo exemplar. 






8 comentários:

  1. Respostas
    1. Valeu Gui! Buenas para vocês também! Abraços, Caio

      Excluir
  2. Top demais, Bro!

    Lindo dourado!

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. Fala Caio!
    Acabou indo e se deu bem hein, quando voltar da Bolivia, vamos marcar uma lá, quero conhecer o local.

    Abraços,
    Marco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Marco! Sim, dei sorte mesmo, mas nem anima que isso é exceção da exceção kkkkkkkkk. Na maioria das vezes só pega carrapato! Vamos nos falando! Abraços

      Excluir
  4. Fala João, deve estar boa essa faculdade hein!!! Kkk Sumiu ... Hahahahahsha. Foi show mesmo! Abraços Caio.

    ResponderExcluir